segunda-feira, dezembro 04, 2006

Amadorismo I

Não foi preciso mais do que um mês morando aqui para perceber que Balneário Camboriú não tem estrutura para receber turistas. Isso mesmo, uma cidade turística que não os comporta bem!

Não estou falando da qualidade dos hotéis ou coisa parecida. Refiro-me ao atendimento nos lugares públicos, principalmente nos restaurantes. Desde um reles McDonald´s até resturantes bons da Via Gastronômica.

Você sente e espera, espera, espera... O garçom passa e atira o cardápio sobre a mesa e você reza para que não o atinja. Daí, você acaba com receio de pedir para não interromper o frenesi dos garçons, em desabalada carreira. Isso aconteceu comigo na Macarronada Italiana, onde a comida é boa, mas o atendimento, péssimo. E fiz questão de deixar isso bem claro para o gerente daquela birosca.

Mas nem todos são assim, claro. Na Casa da Lagosta o atendimento é ótimo.

2 comentários:

madu disse...

Eu deixei de comer na Macarrona Italiana há muito tempo. E olha que a única, e última, vez que fui era uma permuta da Gazeta Mercantil. Haja tempo que se passou. O próprio dono, naquela época, foi o causador de tal situação. Eita gente grossa. Não sei ainda como estão abertos. Perdoe-me se não forem do mesmo dono, o que freqüentei era o próximo ao Shopping Beiramar, em Florianópolis. A propósito, preciso falar contigo. Se não lembra de mim, eu lembro de ti. Abraços,
Madu

ph disse...

Madu que trabalhou comigo no Indústria e Comércio? Se for, que legal te reencontrar por aqui, cara! Por onde andas?
abs